Por que o cidadão consciente deveria optar pelo software livre, sem restrições?
setembro 2, 2010
Olá, mundo! – em reforma
janeiro 14, 2011

Ressucitando o morto

O morto, estava ali parado, sem vida.

Veio a luz, uma idea, e o morto ressuscita.

Não muito e ele esta de volta.

Mais velho…

Mais sarcástico…

Mais ele …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *