Compilar kernel no Debian? Mamão com açúcar!

Um e-mail que recebi, sobre II SISOL!
agosto 17, 2009
Direito Digital e Guerra Virtual entre as TVs Brasileiras.
agosto 21, 2009

Compilar kernel no Debian? Mamão com açúcar!

Vou demonstrar como fica fácil o usuário compilar um kernel do “jeitinho” Debian. Muito mole!

Primeiro devemos obter um pacote essencial no processo: o kernel-package. Sem ele não será possível a compilação.

# apt-get install kernel-package

Antes da compilação, teremos de escolher o método que mais nos agrada para configurar os parâmetros do kernel. Existem dois modos: Menuconfig e Xconfig. Explicando rapidamente, o Menuconfig é indicado para pessoas mais experientes que já sabem o que desejam do kernel e é apresentado em modo texto. Já o Xconfig é bem mais intuitivo, nos dá explicações mais à mostra sobre os módulos e para que servem. Indico este último pela clareza com que se apresenta na tela, embora ambos façam exatamente a mesma coisa.

Se for usar o Menuconfig, instale:

# apt-get install libncurses5-dev

No caso do Xconfig:

# apt-get install libqt3-mt-dev

OBS: Algumas dependências serão instaladas automaticamente.

Vamos escolher o kernel a ser compilado. Visite o site:

Logo na entrada vemos o último kernel estável disponível, sendo que este você deve buscar. No momento que escrevi esta dica era o 2.6.13.2.

Pule para a página de download do kernel:

E faça o download do kernel clicando em cima do arquivo linux-2.6.13.2.tar.bz2.

Descompacte-o em /usr/src com o comando:

# tar xvjf linux-2.6.13.2.tar.bz2 -C /usr/src

Um diretório linux-2.6.13.2 foi criado. Agora crie um link para este diretório, e depois entre nele:

$ cd /usr/src
# ln -s linux-2.6.13.2 linux
# cd linux

OBS-2: Se você quiser manter as configurações atuais do seu kernel no que está prestes a compilar, faça o seguinte (senão pule para o próximo comando):

# cp /boot/config-2[pressione TAB] .config
# make xconfig

Uma tela com os parâmetros do kernel surgirá. Clique em – File – Load – e carregue aquele arquivo de configuração antigo (caso tenha o feito). Esta parte é importante, pois você deve saber o que fazer e conhecer seu hardware, afim de não carregar drivers desnecessários ou esquecer os fundamentais para o funcionamento da máquina, enfim, não tenha medo de errar, o máximo que acontecerá é perder tempo, já que seu kernel funcional vai continuar na máquina e se errou algo, pode apagar este kernel do seu HD tão facilmente como apagaria um programa comum. Terminado, salve e feche.

Crie um pacote com seu novo kernel:

# make-kpkg –initrd kernel_image

Esta parte irá demorar. Ao terminar, saia do diretório atual:

$ cd ..

E instale seu kernel:

# dpkg-i kernel-image2.6.13.2.deb

Pronto! Nem nas configurações do gerenciador de boot terá que mexer, pois o Debian faz para você. Reinicie seu computador e verifique se ocorrerá algum erro, caso queira retirar o kernel do PC:

# apt-get remove –purge kernel-image2.6.13.2

Também pode apagar o download que fez e a pasta linux-2.6.13.2, pois não serão mais usados.

Tranquilo, não?

Até mais,
Percival.
FONTE: http://www.vivaolinux.com.br/dica/Compilar-kernel-no-Debian-Mamao-com-acucar/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *