Poemas e pessoas mentem

Poemas e pessoas mentem

É bonito ver o sol nascendo, as flores crescendo.
E um poema que conte tudo isso.
As pessoas mentem. Eu sei que dói. Os poemas em si também são mentirosos. Eu sei que dói, mesmo que não acreditem.
Linhas de letras, palavras, frases, versos, estrofes. Um poema.
Um poema conta tudo isso.
Os poetas são então grandes mentirosos, mesmo que não saibam. Eu sei que dói.
Sei também e tenho que contar mesmo que saibam e não acreditem…
Somos loucos… Sei que já sabem. Somos loucos. Eu que sempre acreditei na verdade descobrir que era tudo mentira.
Incerto é acreditar no futuro.
O futuro é incrível, mas, lembro do passado e faço o presente.
Mesmo assim as pessoas me agridem. Solitário é uma palavra que carrego todo dia. Mesmo que seja triste é verdade.
Não falo dos poetas atoa, prefiro acreditar nas mentiras que eles falam, pois é, um sentimento único.
Prefiro acreditar nas mentiras por que sempre tem uma verdade coberta de palavras.
Eles nos chamam de loucos… Loucos são eles que acreditam em palavras vãs.
E vão dizer que somos loucos, vocês já sabiam.

Bruno Santos Gonsalves. 30/06/2000, 14:57h.